Alienação

Resultado de imagem para alienação pessoal

O que somos?
Olhamos no espelho,
O que amanhã será apenas passado,
Reflexos transitórios de humanidade,
Eus perdidos no subconsciente,
Seguindo a razão em seus surtos,
Tentando a todo custo,
Contrabalançar a vida contingente.

Quem seremos daqui há pouco,
Segundos decisivos nos moldam,
Inconsciente de nossa arrogância,
Frágil certeza ao fim que nos arremete,
Fronteira capciosa da morte,
Entre ávidos olhares anímicos,
Complexo jogo da vida,
Emanando sinais ao ser embrutecido.

Sirlânio Jorge Dias Gomes

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Sirlanio Jorge Dias Gomes

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    769021733?profile=RESIZE_710x

  • Parabéns por tão bela Poesia caro Sirlanio.

    Preocupações com a vida e reflexões,que bom.

    "Os seres humanos são tão frágeis,como emoções que perambulam por aí na  tênue linha do equilíbrio"

    abraço

    antonio

     

This reply was deleted.
CPP