Amor pleno

Amor pleno

Amor pleno

Com sonhos tão belos, tão cheios de aurora
Infindos clarões invadem meu mundo
Que esqueço a saudade e minha alma não chora
Me aqueço na luz desse amor tão profundo.

Meus olhos demonstram um brilho oriundo
De cada manhã que se rompe com sol
Assim reinvento com cores meu mundo
Como se não houvesse sequer, arrebol.

É desse amor pleno tão cheio de encanto
Que enche minhas horas com tanta certeza
Que a vida é suave e liberta de pranto
Se meu coração for regado à beleza.

Viver assim com clareza, meu bem
Me faz caminhar com tamanha ventura
Sem brida, liberta a voar sigo além
Te amando desfruto de tanta ternura.
E me realizo em teus braços amor!


Márcia A Mancebo
( 13/05/2021)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Que formoso poema, encantador, cada verso cheio de amor transbordante, aplausos mil..... bjs

    • Obrigada, Glaucia.

      Bjs 😘😘

  • Oi Màrcia, Eu vi o post e amei na paágina. SEmpre grata. Bjs

    • Vê no grupo Dueto e Entrelace

    • Vou pedir pra formatar nosso dueto. Ficou lindo 

      Obrigada por permitir 

      Bjsss 😘

  • Que lindo Márcia. Meu forte aplauso

    Bem haja pela inspiração poética

    FC

    • Obrigada, Frederico!

      Um abraço

This reply was deleted.
CPP