Ao sabor do vento

3988692021?profile=RESIZE_710xAo sabor do vento

Ser livre é ser leve qual uma pluma!
Ser livre é pelo espaço flutuar;
É poder alcançar, do mar, a espuma
E nela em devaneios deslizar...

A liberdade traz sensação
Que as horas passam despercebidas
Que o sol brilha na noite e a escuridão
não traz solidão para minha vida.

E, eu me permito o tempo abraçar
fazendo dele meu único aliado.
Esqueço a tristeza e sem mais chorar
me ponho a lembrar que estar a seu lado
é embriagar – se de tanto amar.

Nesse pensar sigo ao sabor do vento
levando nos lábios a fiel alegria
Percorro a estrada do pensamento
regando o viver com grã fantasia.

Márcia A Mancebo
01/03/2020

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    3700924105?profile=RESIZE_710x

  • Só podemos ter palavras de felicitações a quem publica, o mais moderno poema comunicativo! Olha eu também tenho um escrito publicado na cada viu moça!

  • Obrigada querida Safira.

    Adorei!!!!

    Bjs

  • Uma poesia de excelência, uma de suas marcas.....Belos textos e criatividade sempre.Viva e liberdade e principalmente saber usá-la. Com linda música, um plus..

    parabéns Márcia

    abraço de antonio

    • Obrigada, Antônio!

      Abraço

  • Linda poesia Márcia e uma

    bela arte e musica adorei bjos..

    • Obrigada querida amiga.

      Bjs

  • Liberdade expressa em belos versos. Parabéns, estimada poetisa. Bjim

    • Obrigada, Jennifer!

      Bjs

This reply was deleted.
CPP