Matutino

 

Estou aqui a pensar se passo manteiga no pão

ou se o deixo seco,

a minguar no deserto da boca?

Infinito-me nos prazeres diários do viver.

Deixe me olhar os prados e estender-me a guarar ao sol,

 solenemente quero respirar o universo

Quando nasci foi com a sina de sonhar,

escrito em meu DNA  dizia

(Desta Natureza Alimentará) a alma

 

 

Minhas Atividade

Jennifer Melânia commented on Marcos Mollica's blog post UMA VIAGEM INESQUECÍVEL... in Contos-e-Causos
"Belo conto! Amei!"
Há 2 horas
Jennifer Melânia commented on SAM MORENO's blog post CARA A CARA COM SAM - EUDALIA ALVES MARTINS in Cara-cara-com-SAM
"Que bom conhecer um pouco dos amigos. Sam, você nos enche de alegria com sua habilidade de entrevistador. Aplausos, para você e para a Eudália."
Há 13 horas
Jennifer Melânia left a comment on Contos-e-Causos
"Boa noite, amigos e amigas da poesia.
Quando não tem tema, não posso postar aqui? Vi que alguns grupos estão sem propostas de composição. Perdoe minha falta de atualização. Estive algum tempo longe por motivos pessoais. Mas, estou me organizando par…"
Há 14 horas
Jennifer Melânia replied to Jennifer Melânia's discussion Rio de meninos in ImagPoesia
"Obrigada, Mena! Volte sempre. Abraço "
Há 14 horas
Jennifer Melânia commented on Jennifer Melânia's blog post Aldeia
"Safira, querida, sempre abrilhantando meus escritos. O que seria de alguns de nós  sem as suas artes. Amo seu trabalho. Obrigada!"
Sexta-feira
Jennifer Melânia commented on Jennifer Melânia's blog post Aldeia
"Obrigada, Márcia!  Boa noite pra você. "
Sexta-feira
Jennifer Melânia commented on Jennifer Melânia's blog post Aldeia
"Simples como a vida deve ser. Dia lindo pra vc."
Quinta-feira
Jennifer Melânia replied to Jennifer Melânia's discussion Rio de meninos in ImagPoesia
"Bom dia!! Obrigada pela visita."
Quinta-feira
Jennifer Melânia commented on Edvaldo Rofatto's blog post BENTA
"Água  transparente/ espelha a vida/  de fora dos olhos/ dentro do coração.  Bom dia, amigo."
Quinta-feira
Jennifer Melânia commented on Paulo Mauricio G. Silva's blog post Trova N.43
"E que bordado perfeito! Bom dia!"
Quinta-feira
Jennifer Melânia commented on Paulo Mauricio G. Silva's blog post Trova N.44
"Delícia  de ler!  Suave e delicado."
Quinta-feira
Jennifer Melânia commented on Paulo Mauricio G. Silva's blog post Trova N.45
"O vento é  inspirador, sempre traz coisas belas. Maravilha de trova. Parabéns!"
Quinta-feira
Jennifer Melânia replied to Nina Costa's discussion ELE NÃO... in TemaPoesia
"Nossa! Foi certeira, Nina. Maravilha de poesia."
Quinta-feira
Jennifer Melânia commented on Marcia A Mancebo's blog post A saudade
"A saudade pode nos trazer sorrisos/ ou pode nos trazer lágrimas/ de qualquer forma é um sentimento forte que nos leva ao passado e nos tira o presente. Linda poesia, parabéns!"
Quinta-feira
Jennifer Melânia commented on Carlos Manuel Correa da Silva's blog post Renovação das Estrelas
"Bela e reflexiva poesia, muito bom! Uma noite de paz para você."
Quinta-feira
Jennifer Melânia commented on Jennifer Melânia's blog post Apressada-mente  
"Obrigada, Edith! Abraços."
Quinta-feira
Mais…

Meu Blog

Resgates

Resultado de imagem para imagens lindas

 

Resgates

 

Quando faltam serventia as mãos

as coloco a dedilhar palavras

quando  escapam os originais do dia

os coloco em resumo de joelhos

quando abro os olhos noturnos

os…

Saiba mais…

Se...

folhas caindo

Se...

 

Se o grito fosse alto

se o cordão fosse cortado

se o papel fosse vivido

se as pernas me levassem

as ternas alegrias do coração

se o suspiro revelasse o alivio

de ser…

Saiba mais…

Impressão

 

Por Jennifer Melânia

 

A impressão saiu de letras tortas

não era bem o que sonhava ver

imaginei um lago profundo, água parada

um pássaro indeciso a margem, será que voo?!

fiquei ali num torpor,…

Saiba mais…

Versar motivos

 

Por, Jennifer Melânia

minha voz se cala, olvido formas e rimas

Neste mundo de barulhos inquietantes, embalo minhas palavras...hablas 

É  noite, a vida se faz aqui e acolá . Ao longe , insiste o forró em…

Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Outubro 25


1) Qual o teu nome completo?

Jennifer Melânia de Abreu Fernandes


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

25/10/70


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Planaltina/ DF


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Sou simples, complexa, comum, incomum. Tenho fases de lua, amo a vida, a natureza, as coisas vivas e as que parecem não ter vida. Amo os livros, as palavras...amo ler. Ah, sou poeta, esta é a melhor parte de mim. Amadora na arte de escrever, porém amante do que faço. Sonho lançar minha voz ao mundo e ouvi-la ecoar...


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

SAM MORENO


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

SIM


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

SIM


Minhas fotos

Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 11395
Recebido:
6 de Set de 2019

Grupos que participo

Minhas Discussões

Rio de meninos

    Por Jennifer Melânia Rio de meninos...A brincar de galhosSendo folhas a balançarLançando sorte ao ventoNão sabem onde vão pararSe nas águas se misturamLavam-se em risadasSe no chão se plantamSacodem  alegrias e gritosE nos risos, até o rio está…

Saiba mais…

Ponto de luz

Por Jennifer Melânia Ponto de luz             A prescrita sorte do poetaÉ ter em mãos um destinoVer com olhos de criançaA tão pura emoção do mundoNa matéria que exala o tempoTempo que espalham outonosComo águas que já foramDeixando rastro de…

Saiba mais…

Ausência

 O trem se foiO dia se vai...Choveu poucoOrvalhou a terraO sol insiste insightAs lâmpadas artíficesVigiam o vazioPernas passaramAlguém sentou-seno banco envernizadoos carros poucos se vãonos vãos vagos do diavocê... já foido dia o sol a brilharda…

Saiba mais…

Indecisa

Já é tarde...Não podes recuarTens poucos segundosUma pena, um tinteiroE, um vazio no olharUma imagem sem almaInerte a vida...o nadaQuer desengasgar as palavrasMas, não as possuiAs mãos não se movemNão tens tristezas e nem alegriasAgora foge, eu seiO…

Saiba mais…

No fim azuis de alegrias

  A escada está posta Sobe sem presa...arredio O fim é logo ali Mais vai levando o corpo... Lentamente nesses degraus São longos nas decisões Não tropeça se há cautela Como são distantes?! No ápice tem infinitos Azuis e azuis de alegrias E de um…

Saiba mais…

Angústia

 ... Há neste navegar sem remos, vazios N’alma silente há guerras se resilindo Dentro da solidão há este ser pequeno... E na bagagem: saudade e ausência do mundo Fora está o universo conspirando Há desencontros na íris do mar Nos lábios…

Saiba mais…

Quando o amor prevalece...

Quando o amor prevalece...As tristezas abatem a almaCala o coração para a vidaE vem as lágrimas lavar da almaAs mágoas...Em soluços hesitam os sentimentosDe mosaicos vão se desfazendoE separados encontram sossegoAfago de lembranças queridasAntigas…

Saiba mais…

Autor em tela

CPP