O rio atinge seus objetivos, porque aprendeu a contornar obstáculos. 

Lao-Tsé

 

A mente que se abre a uma nova idéia, jamais voltará ao seu tamanho original. 

Albert Einstein

Seja bem vind@ a esta página.
Não se paga nada para entrar.
Puxe a cadeira e sente, abra a cortina.
Um cafezinho pode esperar.
E vamos todos festejar.

Versos de Alberto Valença Lima

Minhas Atividade

Alberto Valença Lima replied to Angel's discussion Composição POETRIX - Nov/Dez 2018 in Poetrix
"Ficou linda a sua imagem poética. Parabéns. Um belo poetrix.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima replied to Angel's discussion Composição POETRIX - Nov/Dez 2018 in Poetrix
"Grato pelo grafitrix Marso. Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima replied to Angel's discussion Composição POETRIX - Nov/Dez 2018 in Poetrix
"Minha amiga Marso que linda surpresa. Quanta gentileza!  Muito grato. Ficou ótimo o grafitrix.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima replied to Angel's discussion Composição POETRIX - Nov/Dez 2018 in Poetrix
"Pôxa Marso. Quanta gentileza!  Muito grato. Ficou ótimo o grafitrix."
Jul 11
Alberto Valença Lima replied to NORMA SILVEIRA MORAES's discussion JOGO DA SEDUÇÃO in ImagPoesia
"Muito boa e cheia de ritmo a sua poesia Norma. Parabéns. Bem criativa.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima replied to Eri Paiva's discussion ASSÉDIO SEM SENTIDO in ImagPoesia
"Muito boa a sua poesia. Muito criativa. Parabéns. 
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima posted a discussion in ImagPoesia
 Vítima sou, de puro recatoNão faço do sexo moedaMas um dia no meio do matoQuando levei uma quedaTive que levantar a saiaApesar de não estar na praiaE o cavalheiro indiscretoSentado na beira da estradaOlhou pra mim com afetoExpondo desejos secretosL…
Jul 11
Alberto Valença Lima posted a discussion in TemaPoesia
Escravos? Somos todos que escrevemos.Por gostar, por querer,Por necessidade, por prazer.Todos nós que escrevemosTemos na veia sangue negroSangue da escravidão,Sangue da submissãoSangue de servo.Do vassalo serviçalDo cativo do curral.Servimos a tanto…
Jul 11
Alberto Valença Lima replied to NORMA SILVEIRA MORAES's discussion VÍCIO TERAPIA PARA MIM É A POESIA in TemaPoesia
"Um vício maravilhoso esse seu Norma. Vou "adoecer" também. Parabéns pela criatividade.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima replied to Marcia A Mancebo's discussion Sedução in ImagPoesia
"Excelente a sua criação poética para a imagem sugerida. Parabéns.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima commented on Marcia A Mancebo's blog post Objeto mudo
"Algumas vezes queremos tanto que o que é mudo fale não é mesmo? Muito bom o seu poema. Parabéns.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima commented on Lilian Ferraz's blog post Clamor atendido
"Um belo rondel. Buscar amor nem sempre é fácil.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima commented on Lilian Ferraz's blog post Desavenças
"Muitas vezes o silêncio doi muito mais que uma bofetada. Parabéns pelo poema.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima commented on Eudalia Alves Martins's blog post NADA MUDOU!
"Amor, quando verdadeiro, realmente não muda com o tempo. Parabéns pelo poema.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima commented on Eudalia Alves Martins's blog post HOJE EU QUERO!
"Seus versos mostram sua grandeza de espírito e beleza de alma. Parabéns pelos seus desejos. Que eles se concretizem com frequência.
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 11
Alberto Valença Lima commented on NORMA SILVEIRA MORAES's blog post POETANDO COM VOCÊ
"Uma salutar homenagem aos leitores que interagem algumas vezes com nossos poemas postados. Muito bom. Parabéns. 
Deixo meus abraços poéticos."
Jul 10
Mais…

Meu Blog

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Janeiro 29


1) Qual o teu nome completo?

Alberto Valença L. de Lima


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

29 de janeiro de 1951


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Brasil, Pernambuco, Recife


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Tenho uma vida simples. Atualmente estou aposentado após 25 anos de ensino ininterrupto. Concluí quatro graduações, duas especializações e um mestrado. Deste último não tenho o título pois não defendi a disssertação. Mas concluí. Gosto de ler, escrever, assistir a filmes, ouvir música, de preferência clássica e viajar. Tenho um casal de filhos já adultos que me deram um casal de netos, ambos com menos de 10 anos. Tenho dois blogs onde posto o que escrevo. Em um compartilho sobre minhas viagens. No outro, sobre minhas outras verdades - literatura, cinema, música e meus poemas, contos, crônicas.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Ninguém. Recebi um convite de Edith Lobato


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim, sem problema algum


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

Sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://https://www.facebook.com/alberto.valencalima (não é http e sim https)


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

2016, um novo ano que chega Chega depressa dois mil e dezesseis! Muitas coisas boas, aqui construireis Nesta vida que Deus a ti entregou Agora, vais fazer, o que Ele te ensinou. Boas ações, caridade e solidariedade, Vamos todos praticar sem dificuldade Nosso lema é, de todos, afastar a maldade Cultivando o amor e a bondade. Nossos momentos sempre serão breves Mas nada impede que os tornemos ricos Façamos com eles, nossas horas leves. Chega logo, dois mil e dezesseis! Estamos todos esperando vocês Pra abraçar e amar até a embriaguez. *** Aldravia n$ 37 maravilhoso fazer amor sob lua cheia


Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 12118

Grupos que participo

Minhas Discussões

NO MEIO DO MATO

  Vítima sou, de puro recatoNão faço do sexo moedaMas um dia no meio do matoQuando levei uma queda Tive que levantar a saiaApesar de não estar na praiaE o cavalheiro indiscretoSentado na beira da estradaOlhou pra mim com afetoExpondo desejos…

Saiba mais…

A CARTA DE ALFORRIA

Escravos? Somos todos que escrevemos.Por gostar, por querer,Por necessidade, por prazer. Todos nós que escrevemosTemos na veia sangue negroSangue da escravidão,Sangue da submissãoSangue de servo.Do vassalo serviçalDo cativo do curral. Servimos a…

Saiba mais…

O PREÇO DE UMA DESILUSÃO

O PREÇO DE UMA DESILUSÃO (Alberto Valença Lima) Feliz com tudo eu vivia Encontrando em você companhia Falava pra todos: ela é meu amor! Mas tudo ruiu num só instante Quando ousei te pedir um favor Descobrindo que tinhas um amante! Como pude ser tão…

Saiba mais…

Uma estrela

Tantos significados pode trazer Aquela estrela que escolhemos um dia Nossos olhares se tocavam sob o céu Que de estrelas estava todo orvalhado E nossos lábios como cúmplices De um momento que prometia Ficar para sempre inesquecível Se tocaram e se…

Saiba mais…

PURA IRREVERÊNCIA

Nudez de irreverência Te mostras como inocente Mas nos olhos possuis volúpia Sedução em tua mente Em tua postura, mistério Levas homens à loucura Mulheres à inveja Teus negros cabelos Que cobrem parcialmente Teus seios, tua face, teu veneno Os…

Saiba mais…

Só quero pensar em você

Estava sem nada fazerResolvi pensar um pouco.Nada mais agradávelQue em você pensar Sempre você me seduzSeu hálito, seu olhar, Seu jeito de ser, Feminina, sensual Conquistou-me há muito.Pensando em vocêPuro deleite de minh'almaMeu coração sorri.…

Saiba mais…

Autor em tela

CPP