Inspirações

Aldravipeia AVL 03

 

Como aqui não há a possibilidade de postar nenhum artigo sobre Teoria Literária, vou explicar aqui na postagem da poesia o significado de Aldravipeia para o caso de alguém não saber. Não vou explicar detalhadamente pois não é o caso mas, espero fazer-me entender na breve explicação que postarei a seguir.

Quero informar que eu sou membro da SBPA - Sociedade Brasileira dos Poetas Aldravianistas, cuja sede é em Mariana - MG, local onde começou o Movimento Aldravista e onde residem os quatro mineiros que criaram esta modalidade.

Aldravipeia é uma construção poética oriunda das Aldravias, que consiste num poema de sentido completo, com apenas seis versos univocabulares. Não se admite nas aldravias letras maiúsculas exceto para nomes próprios e, só se for opção do poeta usá-la. Nomes próprios duplos como Van Gogh ou Di Cavalcanti, por exemplo, são considerados como uma única palavra. Do mesmo modo também, expressões pronominais.

Dito isto, vejamos o que seja Aldravipeia. Segundo a idealizadora da modalidade, Andreia Donadon Leal, é como se houvesse uma gravidez da palavra, que se desdobra em vários significados e aplicações. A Aldravipeia é um conjunto de 20 aldravias com um mesmo tema e que use, em todas as aldravias uma determinada palavra, ou ao menos, faça a ela alguma alusão. Vamos então para a minha terceira Aldravipeia. A palavra que escolhi foi PAZ.

 

ALDRAVIPEIA AVL 03 - palavra PAZ

I
pela
promoção
da
paz
poemo
aldravias

II
paz
cria
gestos
promovendo
boas
relações

III
palácios
perdidos
promovem
paz
pela
poesia

IV
de
que
é
feita
a
paz?

V
de
paz
eternamente
contaminada
ela
voou

VI
branca
pomba
pousa
caixão
dom
eugênio

VII
encontro
de
paz
em
diversas
vozes

VIII
poesia
de
paz
jesus
pregou
aqui

IX
alma
da
paz
jesus
ensinou
cultivar

X
canto
de
paz
lembra
jesus
pregando

XI
paz
cultivada
no
lar
promove
harmonia

XII
falemos
de
amor
ou
de
paz


XIII
plante
primeiro
paz
em
seu
coração

XIV
treinar
gentilezas
propaga
paz
entre
homens

XV
solidariedade
caridade
voluntariado
caminham
alardeando
paz

XVI
negatividade
afastada
consequentemente
lei
atrai
paz

XVII
corrente
de
amor
contribui
para
paz

XVIII
palavras
de
carinho
apoio
pacificam
homens

XIX
associando-se
a
boas
ideias
contribuimos
pacificação

XX
crucificaram
jesus
ele
pregou
a
paz

 

Importante destacar que a Aldravia não admite continuação. Não se pode, por exemplo, fazer uma aldravia com duas estrofes de seis versos. Isto porque a Aldravia é um poema de sentido completo. O poeta necessita dizer tudo que deseja, nos seis únicos versos de que dispõe. Se alguém faz um poema com duas estrofes de seis versos univocabulares em continuação um do outro, isso pode ser chamado de tudo, menos de aldravia.

(Alberto Valença Lima)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    Espetacular, Alberto! Qualquer dia eu vou tentar fazer.

    • Grato pela visita e comentário com palavras elogiosas. 

      Faça mesmo! É uma experiência e tanto. 

      Deixo meus abraços poéticos.

  • Gestores Adm

    Excelente trabalho, Alberto.

    Aplausos a ti.

    • Muito grato pela visita e pelas palavras elogiosas Edith. 

       Deixo meus abraços poéticos.

  • Eu me lembro desse episódio da pomba! O ser humano é tão ruim que houve quem dissesse que ela devia estar drogada. Mas foi um sinal celeste, visível. Dom Eugênio foi um grande pastor. E se crucificaram Jesus, até hoje vemos que praticar a bondade gera perseguições. Abraços.

    • Pois é meu caro poeta Carqueija. Sempre haverá alguém para atirar pedras. Mas nós podemos destas, fazer poesia. A poesia é uma forma de amenizar a dureza e desumanidade de alguns.

       Deixo meus abraços poéticos.

  • Gestores

    402595050?profile=RESIZE_710x

    • Muito grato pela visita e pela mensagem de incentivo.

       Deixo meus abraços poéticos.

This reply was deleted.
CPP