Carne e fogo

Mero sentir

Traduz a natureza

Em teu semblante

Que queima

Nas asas da imaginação.

Se pudesse eu

Seria a água...

Abraçaria-te

Para apaziguar

Esse fogo

Que enlouquece-te e

Fervilha-te a mente...

Para juntos rendermo-nos

E viver com paixão

Esse grande amor!

Veraiz Souza- 18/10/17

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Veraiz Souza - Pai -

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Voltei aqui para ver a formatação e ouvir a música novamente. Lindaaaa

    Grata voces.

    Beijos

    Veraiz Souza

  • Um estático momento onde os sentimentos se proliferam numa essência plena de amor e paixão, poema belíssimo, encantado

    • Que bom que gostou desse poema José Carlos Ribeiro.

      Saí um pouco de meu estilo e entrei no sensual.

      Que bom que gostou.

      Abraços poéticos de Veraiz Souza

  • Gestores

    Bonito poema de um fôlego. É como um raio.

    Parabéns, Vera. Feliz dia do poeta.

    • Grata pela visita e comentário querida Edith, já estava sentindo sua falta aqui na Casaaaaaaaaa.

      Saudades.

      Que bom que gostou de meu poema, fico feliz.

      Abraços carinhosos e poéticos

      Feliz Dia do poeta a vc também.

  • Veraiz um quadro

    poética impecável maravilhoso adorei abraço amiga...

    • Oi Eudália querida, que bom que gostou de meu poema.

      Grata pela visita e pelo cometário, sempre carinhoso.

      Abraços de Veraiiiz Souza

  • Amei a formatação que enriqueceu meu poema.

    Ficou lindo e sensual.

    Quem fez?

    Grata

    Beijos

    Veraiz

  • Parabéns, poetisa amiga, poema lindo, primoroso, adorei. Sou seu fã. Abraços, paz e Luz!!!

    • Grata pela visita e comentário Ilário Moreira.

      Sempre gentil e carinhoso. Fico muito feliz.

      Abraços poéticos de Veraiz Souza

This reply was deleted.
CPP