Inspirações

Cortai essas Árvores

Cortem essas árvores

 

O irritante ladrar de um cão, ou cadela,

Acordou-me, deixou-me furibundo,

Isto nem é de hoje, triste sequela

Irra! Quero acabar com isso tudo.

 

Não consigo perceber esta gente,

Aliás, nem sequer percebo o mundo,

Serei somente eu, que estou diferente,

Ou vivemos num declínio profundo?

 

Vejam só isto que me fizeram,

Mesmo defronte da minha janela,

Umas grandes árvores puseram.

 

O mundo persiste trocar-me as voltas.

Digam-me, que ousadia é aquela?

Homens, cortai essas árvores todas.

 

Francis Raposo Ferreira

24/11/20109

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP