Dos amores

  1.  

9563772055?profile=RESIZE_400x

Dos amores 

 

O que seria mesmo, o amor?
Esse sentimento multifacetado
que nos encontra no caminho,
por vezes, é reconhecido
e fomentado, de modo aguerrido
em outras vezes, se vê em algumas
situações preterido.
Mesmo assim, é vigoroso e ativo;
vem em formas tantas descrito,
com sua abrangência enlaça
homens e mulheres; pais e filhos;
o crente e o divino, irmandades
numa mesma confraternização.
Vidas opostas se unem num propósito
nem sempre condizente com a realidade
que se vivencia, mas o amor...
ele no momento impera
e, dos corações se apodera.
Diluindo dúvidas.
Alimentando sonhos,
criando novas perspectivas,
trazendo conquistas.
O que seria o Amor, mesmo?
Um alento que nos causa estranhamento
e entorpece os sentidos.
A cegueira nos enamorados
que se confunde com o encantamento.
Tem lá suas peculiaridades
sendo amplo, fecundo e venturoso.
O Amor seria esse sentimento
forte, fértil, abrangente e promissor
mesmo com um viés solitário, 
desacreditado e lastimoso
que é o mote de escritos e canções
de anônimos e famosos.

 

 

Lilian Ferraz 

13/09/2021

 

Seguindo um propósito sugerido
Aqui o Amor é o tema escolhido
Farei dele algumas referências
e de antemão, agradeço vossa presença!

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Lilian Ferraz

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    9580613665?profile=RESIZE_930x

  • Boa noite poeta.

    Que lê os teus poemas é que agradecem, pois usas a imaginação de uma forma estonteantemente real!. 

    Obrigado pela leitura,

    1 b

    • Olá, Nélson. Grata pela atenção, sempre com olhar arguto e muito sagaz nas linhas e entrelinhas. Abraços

This reply was deleted.
CPP