Em cada beijo teu

7193281260?profile=RESIZE_710xEm cada beijo teu

Naquele entardecer parti nervosa.
Não olhei pra trás pra não te ver sozinho.
A nova estação exalava a rosa.
Meu coração sangrava com espinhos.

Levei a dor, pelas curvas do caminho.
Senti morrer pra mim todo sonhar.
Dizer adeus me fez chorar baixinho.
Primaveras passaram sem notar.

Quando acordei passara toda a vida.
Mas, o amor por ti jamais feneceu
E a esperança em ser tua preferida:
Impregnada está em cada beijo teu.

Márcia A Mancebo.

10/04/2014

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Bom dia poetiza.

    Poema impegnado do amor e do romantismo que habira nessa alma poeta.

    1 ab

    • Obrigada, Nelson!

      Abraço

  • MIL AMADA UMA PAIXAO LINDA 

     

    • Obrigada querida amiga

      Bjs

  • Uma pequena lágrima vem assinar meu comentário...se é que posso deixar algum...que lindo Marcia, que lindo...e sabe mais, me sinto a vontade ainda que todo respeito do mundo para vir aqui e deixar meu abraço. Fica com Deus Poetisa.

    • Obrigada, Carlos 

      Um abraço

This reply was deleted.
CPP