Geometria da vida

8635659869?profile=RESIZE_710x
 
 
 
 
Geometria da vida
 
A vida é vista  de várias formas
Depende do ângulo que a vejo,
Ás vezes um triângulo ou losango,
Outras uma figura  com  normas.
Com degraus a levar ao ápice do ensejo.
 
Com cautela, pedagogia vou subindo
Na tentativa dessa geometria entender,
Entre todos, com a mesma ambição
me uno para que com sabedoria
sobreviva a essa  saudável contradição.
 
Os degraus dessa escada do viver
leva para um lugar abstrato
Insisto, não quero sozinha sofrer,
Pretendo com a lida , fazer um trato.
 
Se não conseguir alcançar o que sonho,
 morro vencedora, não vivi em vão.
Parto em paz, aprendi, o mundo
é profundamente medonho
a quem não desvenda essa 
abstração.
 
Somente a fé impulsiona o coração
a bombear o sangue com força total.
Se o infinito for além da imensidão
Não fui iludida, pois sou mortal
Essa geometria trouxe emoção,
Vivi intensamente até o final!
Márcia A Mancebo
(20/01/19)
 
 
 
 
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • 8636611263?profile=RESIZE_584x

    • Obrigada, Geraldo!

      Um abraço

  • Gestores

    Oi Marcia, apalusos pelo lindo poema!

    Amiga, por favor, retira a imagem do espaço do cabelhaço e colcoa pela barra de ferramenta, obrigada.

This reply was deleted.
CPP