márcia a mancebo desafio poético (10)

Final

7157281270?profile=RESIZE_710xFinal

As palavras, a natureza e o amor;
Universo da poetisa ao escrever.
A inspiração nesse mundo sedutor
Tem finura e retoque, com bela cor.

Na lembrança o fado a leva distante
Àquele amor que ficou no passado.
Fora lindo que a saudade é constante.

Saiba mais…

Reflexão

7146718459?profile=RESIZE_710xReflexão

Ao chegar na cidade, longe vê.
A cachoeira que desce prateada:
Suas águas meu corpo molhava:
Eu sentia a alma limpa, purificada.
Fugia da realidade e viver:
À utopia felina que me dominava.

Me perdia na ilusão sem medida.
Sendo tempo, escrava,

Saiba mais…

Infinitamente!

7137778697?profile=RESIZE_710xInfinitamente!

São como ondas os teus braços.
Uma praia com areia limpinha, teu amar
onde meu corpo desliza e meus passos
seguem pela imensidão do mar
à procurar o teu gostoso abraço.

Entre nós jamais haverá adeus.
Acostumei, amor, com teu carinho
Some

Saiba mais…

Doce magia!

6902077294?profile=RESIZE_710xDoce magia!

Este sonho que carrego em minha alma
abastece os meus solitários dias.
Nele encontro paz uma imensa calma.
Pois, leva – me à divagar. Doce magia!

Sinto como se fosse uma bela revoada
que meu Ser alça voo, vai te encontrar
Em teus braços sou

Saiba mais…

A poetisa

6582215877?profile=RESIZE_584xA poetisa

A poetisa contempla com garço olhar
A paisagem e, reflete sua grandeza.
Sua alma enternece nesse divagar
Sente - se agraciada pela natureza

Sua mente viaja por lugares bonitos
De onde vem sua fé sacramentada.
Nem a hermenêutica chega a esse i

Saiba mais…

Quiçá...

6526559886?profile=RESIZE_710x 


Quiçá...

Olhando pela janela dos dias
Vejo longe as periféricas situações
De um povo oprimindo, sem alegria.
Sofrendo as maiores privações.

São vagas as rotina de suas horas,
São feitas de esperanças embutidas.
Gente sofrida, segue a buscar nova auro

Saiba mais…

Viagem

Viagem 

Às vezes fujo da realidade a sonhar
Esqueço que a vida é  feita de fatos
Em uma viagem sinto embarcar.
E o que faço, meu jeito, meus atos
Aumentam  o ensejo de muito  amar.

Nesse embarque  de devaneios vãos 
Sinto acelerar o meu coração 
Meus o

Saiba mais…

Refém

Refém 

A noite adentrou e trouxe a voraz solidão
O silêncio faz – me sentir tão deprimida
No canto isolei- me para introspecção
Tentando encontrar paz...uma saída.

Quem sabe, pensando poderei
 entender 
esse mal arguto que me devora
que me chibata, me

Saiba mais…
CPP