silencio (2)

Silêncio

Silêncio

 

Silêncio até a exaustão do próprio silêncio

Rabugento no frio silêncio da madrugada

O silêncio grita e assalta a mente desavisada

Espera minuto a minuto até o sol raiar

E os passarinhos cantarolar

Afinal isto é uma poesia

Escrita depois da maresia

Saiba mais…
CPP