Inspirações

Momentos de Êxtase

 

 

 

E aconteceu que explodimos

em um êxtase sublimado

- asteroides nós colidimos! –

feito chuva de papel picado.

 

Cultuamos os deuses ocasionais

antegozamos estações primaveris

imprimimos nossos desejos sazonais

na têmpera dos anseios juvenis.

 

E fez-se azul a cor do nosso sonho

fizemos correnteza em ardis oceanos

dos sargaços imitamos abraço medonho

arfamos ávidos na atmosfera dos altiplanos.

 

Esboçamos o sorriso mágico e triunfal

fitamos as abóbadas do céu e do mar

entoamos versos e os atamos no varal

dos amores eternos na raiz do verbo amar.  

 

 Rui Paiva

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP