Mudança de estação

Ela não era outono, era mais uma primavera, aguardando lépida e faceira pelo bem vindo e caloroso verão.

Ele era inverno, não sabia vivenciar outra estação, era frio e soturno, sempre a se irritar com o clima festivo e qualquer animação. Houve então, o encontro de ambos, ele fez um poema que eclipsou o coração da mulher primaveril.

Ela em seu mundo gélido adentrou e depois do lampejo inicial, viu que não gostou. Num brevissimo espaço de tempo, tudo mudou.

Ela descontente e ele sempre exigente, o clima entre eles se alterou.

Hoje ela é outono perene, sem o brilho vivificante da cor.

Ele é inverno sem precedentes, daqueles que nunca sentiu calor.

 

 

Lilian Ferraz

06/05/2020

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Lilian Ferraz

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Uau...! Bastante criativo e original...! Para se ler e pensar... Amei...! Meus parabéns. Deus te abençoe. 

  • Gestores

    3746075800?profile=RESIZE_400x

    • Muito obrigada pela apreciação. Abraços 

This reply was deleted.
CPP