Nosso Amor

Nosso Amor

 

O Meu Amor 

É incondicional a liberdade

De ter ciúmes e ter emoções

O Meu Amor

Contempla, os seus faróis.

Ostenta os bicos de sede.

O Meu Amor

É livre assim a cafonice

De te dizer, Eu te Amo

O Meu Amor

É expontaneo a decisão

De se fazer o que se gosta

Na casa, na rua, no quarto

O Nosso Amor

Somos os dois a Amar

Pragmático e elástico

Intenso, no cansaço, no laço

Imenso, no bagaço, no passo

 

O Nosso Amor

um só, no rápido

lento, no demorado

rascante, no sensual

barbante, no animal

acessório, no suspensório

 

O Nosso Amor

Nosso segredo da cama, no, do piso, do teto, da parede, da cadeira, luz, do abajur, no, dos móveis... Aparatos, a imagem no espelho, no, do grito, do sussurro baixo, no, do beijo curto.. do beiiiiiiiiijo longo, 

Nas paredes dos retratos.

 

Fim sem final

Antonio Domingos

21/01/2020

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    3178118678?profile=RESIZE_930x

    • Oh! Estimada Marsoalex.

      Que belas palavras as suas, mais um aprendizado para mim.

      Continuo no exercício de escrever o meu melhor para engrandecer este maravilhoso espaço.

      Obrigado de coração

      Antonio

  • Gestores

    Mais uma bela poesia!! Parabéns Antônio!! 

    • Gratidão.Este é o meu sentimento por ter tua atenciosa leitura e comentário.

      Aqui no CPP, como já me manifestei, temos de respeitar todos os autores, e, incentiva-los

      Abraço de Domingos.

  • Sensacional ameiiíii parabéns abraço aplausos 

  • Espetacular!!

    Meus parabéns pela magnífica obra 

    Paz e luz 

    • Olá Ana.

      Uma honra ter o seu valioso comentário.

      Uma deferência a este poeta que insiste e treina viver no modo poesia.

      Atenciosamente

      Antonio Domingos

  • Li, atentamente teus belos e sonhadores versos.

    Parabéns pela bela obra.

    Meus apalusos!

    • Olá Poeta José Cabral.

      Ter o seu comentário é uma honra e estímulos para que eu siga na Poesia.

      Atensiosamente

      Antonio Domingos

This reply was deleted.
CPP