Minhas Atividade

Marcia Portella posted a blog post
Sei que não volta mais...partiu silenciosamente sem que  seus olhos vissem minha dor. Meus cabelos bastos rarearam   ...e muitos anos atravessaram a estrada  do meu corpo que trava uma guerra dentro de mimonde meus exércitos investem em batalhas vio…
Set 26
Marcia Portella commented on Eduardo Samuel Ferreira's blog post ENRIQUECIMENTO ILÍCITO
"Eduardo seus versos (infelizmente) retrata a maioria  que grita contra,mas está sempre à favor de levar vantagem em tudo....Vamos ler o poeta e refletir .."
Set 25
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Através do tempo
"Grata  a quem fez bela postagem  que valorizou meus versos..."
Set 25
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Através do tempo
"Ricardo grata por estar em meus versos.Abraço"
Set 25
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Através do tempo
"Alcebíades grata por seu generoso comentário."
Set 25
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Através do tempo
"Marsoalex grata por estar em meus versos.Te abraço"
Set 25
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Através do tempo
"Edith  é muito bom contar com sua presença...Te abraço"
Set 25
Marcia Portella posted a blog post
 
Em explosão silenciosa calou a música
 que dançou em leves passos...entre braços
Com ponta dos dedos aspirou um beijo tragando
  o último suspiro  deixando nas sombras  
  o passado enroscado nas tramas da memória...
 
Atravessou o corpo como pode…
Set 15
Marcia Portella commented on SAM MORENO's blog post ASSIM TE LOUVO
"Que essa criança que já esta se tornando uma adolescente, tenha sempre a alma aberta para transmitir amizade,aconchego e paz à todos que batem à sua porta.Abraço a todos que transitam por esse  imenso condomínio poético..."
Set 3
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Recriando
"Te abraço..."
Set 3
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Recriando
"Ciducha grata por seu comentário na dança da vida ...Te abraço"
Set 3
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Recriando
"Marcia grata por por sua presença...Te abraço"
Set 3
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Recriando
"Edthe grata por estar presente em meus versos...Te abraço"
Set 3
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Recriando
"Poeta Alcebíades grata por sua presença e comentário.."
Set 3
Marcia Portella commented on Marcia Portella's blog post Recriando
"Marsoalex encantada e gradecida por sua linda formatação.Te abraço
 "
Set 3
Mais…

Meu Blog

Chuva de novembro

Chega novembro com a primeira chuva... Na janela em silêncio, olho para fora vendo o lusco-fusco da manhã transitando à minha frente... O vento balança as folhas enquanto aroma adocicado do jasmim espalha tomando o quarto na tentativa De…
Saiba mais…

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Junho 9


1) Qual o teu nome completo?

Marcia Portella


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

9 de junho de 1950


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Goiânia


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

Venho de muitas vidas Fui santa Madalena Feiticeira Guerreira Parideira Esculpi a dor Plantei o silêncio Amei de todas as formas Hoje rabisco a vida......


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

encontrei uma postagem de Nieves no Facebook


Minhas fotos

Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 1482

Grupos que participo

Minhas Discussões

Chuva

A chuva entrou no silêncio escorrendo em gotas mudas, embaçando o vidro de natureza chorada.... Brilhante,gelada e doce, desceu do santuário solitária, pingando em gotas,germinando vidas,cores e perfume... Terra molhada aonde um dia repousarei meu…

Saiba mais…

Solidão

Solidão Ao ocultar o brilho dos meus olhos surgiram duas fendas profundas no deserto da minha lógica... Nesta aridez viro-me do avesso nas tramas do desejo,em armadilhas que eu mesmo teço... Na demência sem limites, escondo-me na névoa torturante…

Saiba mais…

Autor em tela

CPP