Ó!Lua

9266308671?profile=RESIZE_710xÓ! Lua

Ó! Lua me admira nas noites escuras
O teu clarear fulgurante no mar
Eu aqui sozinho sentindo a tortura
Com olhos ardentes de tanta te olhar...

Aqui do meu quarto te sinto voar
Eu sigo - a pra ver se o trilhar continua
Assim, sempre altiva, com lindo espelhar
Caminha imponente sensual e melíflua.

Ó! Lua queria te dar uma prenda
A prenda mais pura que guardo comigo
Com cheiro de coisa que não está à venda
Coberta de abraço, ternura e de abrigo.

Com gesto sublime te oferto meus versos
Que no relicário os grafei com carinho
Quisera adentrar no seu lindo universo
Senti - la a meu lado, pois sou tão sozinho!

Márcia Aparecida Mancebo

( Esse poema está na página 35 do meu Livro Para Guardar No Fundo Do Coração)

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Marcia

    a lua foi vista desde genesis escrito na biblia,homens e mulheres e crianças criados no principio da formação humana,

    até Jesus Cristo viu a lua

    esta lua que vemos agora

    muito bonito

    um abraço

    Davi/Guardião do amor

  • Boa tarde, nobre amiga e poetisa, Márcia! Parabéns pela inspiração! Abraços poéticos!Luz e paz!

  • Adoro a lua...às vezes estou diringido e para para olhar...linda homenagem, lindas palavras vindas de alguém que tenho certeza tem o luar no coração...Deus a abençoe

    • Obrigada de coração.

      Um abraço

  • Poesia de Excelência. Maravilhosa

    Parabéns amiga Márcia

    Abraços de Antonio

    • Obrigada de coração

      Um abraço

  • Gestores

    9266411257?profile=RESIZE_584x

    • Obrigada amiga querida 😘

  • Gestores

    Parabéns pelo livro, Marcia!

    Te desejo sucesso! É uma alegria saber, finalmente, saiu.

    Aguardo meu exemplar, ansiosa!

  • Gestores

    9265788293?profile=RESIZE_710x

This reply was deleted.
CPP