O SABOR DA MINHA RAINHA!

Saborear o caudaloso

Néctar que verte

De teu interior insaciável

Apetece e sacia

A inesgotável

Sede do meu intenso desejo

Apenas por breve momento

Exige de mim

Pleno esforço e dedicação

Para fazer frente

À tua profusa excitação

Consistente de suspiros

E gemidos veementes

Denunciando inegavelmente

Tua insana vontade

De prazer iminente

Que desconhece fim ou limite

E que se repete

A cada novo orgasmo

Fluido e imperioso

Fartamente anunciado

Por sussurro copioso

Seguido de clamor

Desavergonhado

E ansiado

Por ter teu corpo

Mais uma vez premiado!

(By Antonio Trovão)

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Antonio de Jesus Trovão

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP