Poesia

7022804900?profile=RESIZE_584xPoesia

Dos olhos uma lágrima rola
por um amor não correspondido.
Mais uma vez um coração atola
no fundo poço, dos deprimidos.

O que era platônico e bonito
perde– se na imensidão do céu
e esparrama – se pelo infinito
acobertado por azul véu.

Poeta não se dá por vencido.
Traz a esperança com devoção
um sentir que nunca é distorcido,
um tijolinho pra inspiração.

Nasceu assim de um verso a poesia
Inundando a mente de desejos
E aquele tédio... e a melancolia
morre, com sabor de um doce beijo
descrito com primor e alegria.

Márcia A Mancebo
18/07/20

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Inspiradissima poesia

    parabéns amiga Marcia bjos...

    • Obrigada querida Eudália.

      Bjs

  • Como não passar por aqui e sentir um pouco de poesia,,,sempre lindo. Fica com Deus

    • Obrigada, Carlos!

      Um abraço

  • Parabéns Márcia! 
    As suas poesias são maravilhosas! 

    • Obrigada querida Nilma!

      Bjs

  • Boa npoite, poeta

     

    Lindo sempre os teus poemas de amor!

    1 ab

    • Obrigada, Nelson!!!

      Um abraço

This reply was deleted.
CPP