Se...

Se...

Se..

Se for voltar, te peço, seja breve.
Esse coração não aguenta a saudade.
Chegue bem manso, pise bem de leve
Não quero espantar a felicidade.

Não minta! Conte - me toda a verdade
Dessa ausência tão fria, tal a neve.
O tempo passou e passou toda idade
Para entender motivos. Pega leve!

Pra não ver coração muito sangrar
Um velho coração... Mas, inda infante.
Não mais aceita o que me faz chorar...

Preciso do teu abraço confiante
Que nosso amor será pra sempre terno!
Não quero padecer mais nesse inferno!

Márcia A Mancebo
20/02/2021

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    8604991901?profile=RESIZE_710x

    • Lindo demais

      Obrigada amiga querida

      Bjs 

  • Mais um belo Poema, linda publicação amiga Márcia. Um velho coração... Mas, inda infante.

    Parabéns, Antonio

    • Obrigada Antônio.

      Um abençoado domingo.

      Um abraço

This reply was deleted.
CPP