Sem inspiração


Sem inspiração, vou vagando
Pelo oceano de poesia adormecida
E cambaleado no desprezo
Da lauda que jamais será linda.

Os versos que tocavam o coração
Já não alteram seus batimentos,
Muito menos dá atenção
Ao meu alento.

Ah, que saudade de poetar
Pela madrugada
Vendo o clarão da lua
Ao lado da minha amada.

Jilmar Santos

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Se sem inspiração o poeta arrebentou imagina quanto tiver? Sucesso sempre!

    • Obrigado, porta SAM!
  • Gestores

    Uau! Que  linda inspiração. Quando o peta pensa que não tem inspiração, ei-la, perfeita e bela a enfeitar o papel.

    Parabéns!

    • Obrigado, Edith!
  • Imagine repleto de inspiração, Jilmar? Sem ela nos presenteia com este belo poema... imagine...

    • Obrigado, poeta Rui!
  • Gestores

    Sim inspiração Jilmar, você fez um lindo poema

    Abraço

    • Obrigado, Livita!
  • Maravilhoso,poeta!!

    bjssssss

    • Obrigado, Ciducha!
This reply was deleted.
CPP