Inspirações

SER MÃE

Que sentimento tão espetacular é este?
Que nos faz fortes quando pensávamos ser fracas,
Que nos faz chorar quando devíamos sorrir,
Que nos alegra mesmo em meio a tristeza,
Que nos mantém sempre em alerta?
Ah, este amor!
Que nos desespera,
Alegra-nos
Entristece-nos,
Preocupa-nos,
Faz-nos fortes,
Faz-nos Mães!
Não há sentimento mais sublime e incondicional do que a maternidade,
Este amor irrefreável
Que nos faz errar na ânsia desesperada de acertar,
Que educa,
Que alimenta...
Uma paixão eterna por cada filho,
Que move céus e terra
Para conseguir-lhes o melhor.
Este amor,
Que faz-nos anular-se e concentrar-se somente em nossa cria;
Que cala todas as nossas dores,
E ás vezes a transforma apenas em uma:
Na do filho doente,
Na do filho distante,
Na do filho com problemas...
Este amor,
Que nos faz Ser Mãe,
E ser mãe é ser mãe sempre!
Amar sem medida,
Chorar e sorrir por pequenos mais significantes motivos,
Ser multifuncional o tempo todo,
É esbravejar, reclamar,
E no instante seguinte arrepender-se;
É saber ser firme e terna ao mesmo tempo;
É ser corajosa mesmo quando temos todos os medos do mundo;
Ser mãe,
É este mistério divino,
Que nos transforma em amor,
Que nos faz plenamente felizes.

Virgínia Santana

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Virgínia Santana

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP