Sussurro ao ouvido

Toquei sua pele de um jeito que

Encantei a sua alma, que desvalida,

Ansiava por desvelo.  

 

Toda fragrância exalada em seu corpo

Só surte efeito por causa da essência

Da sua pele sensível e macia.

 

Cada toque minucioso é uma nova

Descoberta, um arrepio no pescoço com um

Dedilhado em seu íntimo libido aceso.

 

É assim a sensação de quando estamos

conectados um ao outro neste universo

Prazeroso de desejos e emoções.

 Jilmar Santos

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Um lindo poema que exala aquele fogoso querer, onde o desejo do amor é mais que prazer

    • Obrigado, José Carlos!

  • This reply was deleted.
    • Obrigado, Glaucia! Que bom que gostou. Bjs
  • This reply was deleted.
    • Muito obrigado, Márcia! Adoro ler-te também.

  • Gestores

    Muito lindo o teu poema, Jilmar, parabéns!

    • Obrigado, Marso!

  • Na leitura dos seus escritos a gente sente energia quando saboreia. Mais uma vez, congratulações!

    • Obrigado, SAN! 

  • Nossa Jilmar, que lindo. Escreves de uma forma tão simples e tão linda! Parabéns! Adoro teus escritos. Um abraço. 

    • Obrigado, querida Marta! Eu que sou fã dos seus escritos. 

This reply was deleted.
CPP