Tempestade!!!!!!

A chuva que vem

lavando calçadas

limpando a poeira

apagando pegadas

 

A chuva que chega

invade e apavora

refaz o caminho

ninguem vai embora

 

A chuva que mostra

cidade sem prumo

o tempo que rege

pessoas sem rumo

 

A chuva que ensina

de forte a matreira

que aqui não tem dono

é criada a barreira

 

Natureza que avisa

o lugar que é nosso

está apenas locado

não adianta pai nosso!

 

A chuva então vai

e deixa seu rastro

que venha o reinado

do sol, nosso astro!

 

Tânia Pereira

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Tânia Pereira

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Obrigada queridos!

  • Gestores

    947237030?profile=RESIZE_710x

  • Tânia, tão lindo seu poema! Tem uma cadência gostosa

    de ler e apreciar!  Boa noite. Bjs.

  • HÁ QUE SE RESPEITAR A NATUREZA E SER AMIGO DELA... SALUDOS ALKAS.

This reply was deleted.
CPP