Titubeante

 
 
 
 
 
 
 
Titubeante
 
 
 
 
Um passo aqui, outro não dá
Inquietante dúvida paira no ar
Avança quando se motiva, agora vá!
Pensamentos na mente a fervilhar
Incerteza sempre a faz recuar.

Na simplicidade muitas vezes se complica
Ao jogar paciência parece jogar xadrez
Se confunde nas cartas e então perde a vez

Uma pessoa que sabe fazer direito
Porém tem que ser tudo do seu jeito
Se desarticula quando saí de sua rotina
Por muitos é vista como a indecisa

Por causa desta indefinição constante
Ajusta seu desejar à um ponto mais crível
Tem suas dificuldades como ser mutante
Claro que sofre na hesitação, pois é sensível.

Nesta vida turbulenta… neste mundo cão
Sem espaço para ficar entre o sim e o não
Vai ela seguindo na contramão
E neste balanço entre o lá e cá
Vai ela oscilando entre a emoção e a razão.
 
 
 
 
Lilian Ferraz
10/06/2019
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Lilian Ferraz

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores Adm

    O conflito interior quando se apresenta diante de uma decisão é complicado.

    Bela tua poesia, Lilian.

    Parabéns!

    • Encantada com sua honrosa presneça e apreciação. Bjs

  • Lilian poesia que encanta a cada verso parabéns abraço...

    • Muitissimo grata. Bjs

       

  • Gestores

    3675191?profile=RESIZE_710x

    • Obrigada, poetisa.Meu carinho

  • Gestores

    2857030757?profile=RESIZE_930x

    • Carissima, ficou lindo! Grata. bjs

This reply was deleted.
CPP