vilão maroto

vilão maroto
 
arrogante é a situação verbali-
zante onde existe a humilhação 
falante  por déspotas selvagens e 
indômitos. porém, o mundo dá suas 
voltas constantes e o cão volta ao seu 
próprio vômito. assim a efêmera vida de
arrogância  traduz numa verdadeira ânsia 
do  ignóbil  ser a padecer  em sua pútrida
feitura  de vã e vilã  criatura ao amanhe-
cer  de noite  escura, se realmente  is-
so der pra acontecer.  assim nessa 
ignorância  mental tudo  pode
ascender,  até esse ato
de fazer o irmão so-
frer, achando-se
senhor acima
do bem e do
mal  fatal, as-
sim porta-se es-
sa criatura até mes-
mo em  sua sepultura
final, nada pode escla-
recer afinal  a essa mente
suficientemente  cauterizada.
como este bojo   aqui rasgado.
é mote  de se dar  risada quan-
do  se lê no epitáfio: ontem fui o
que  tu és, e  amanhã serás o que 
sou.   frase lapidada   pelo poeta
trovador, enquanto,  o mortuário 
é o próprio vilão maroto, agora
 completamente roto a rotar 
seus feitos sem cons-
ciência sem saber o seu verdadeiro
destino  luciferino da própria es-
sência, até que na própria
eternidade a bondosa
misericórdia o 
acorde
com o
sacudir
de seus
acordes
pelo bada-
lar do sino do verda-
deiro amor divino.
podes crer.
p
a-
ra 
cres-
cer  há 
de se  tor-
nar  menino an-
tes do novo alvorecer 
divino.
 
somente o amor pode suportar 
tamanha estupidez humana.
 
jbcampos
 
I5pPduJa7EgM61S-h_b9-OUTNTWVfHlQkg3HqCD1kETn1_22n4XgxuszhKTtgZJAWv2zrWmRnVFtsCtqI7l8A2ooKDU-yF_m7DkDdJqwjaaH1JGBcYAPKBMcG3SuV96Gpd65Qp7a
 
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP