Inspirações

Visível presença

Como fazer para trazer à luz do dia
Tudo aquilo que tenho como verdade?
Como fazer para trazer à superfície da pele
Tudo aquilo que meu coração já sabe?

Ainda que tenha seguido por diferentes caminhos
A maioria deles afastados da luz do sol
Ainda que tenha mostrado o quão rasa é minha fé
Esteve a cada segundo me cobrindo de Seu amor

Momento algum desistiu de mim
Momento algum deixou de lado Sua certeza
Momento algum deixou de lado Sua confiança
Momento algum me deixou de lado

Se queremos saber o que fizemos de tão errado
Encontraremos as respostas ao encarar o espelho
A fina lente que separa e revela nossas tendências
Nosso juiz nosso carrasco nossa verdade a consciência

E se hoje consigo sorrir mesmo quando assustado
Se consigo estar de pé mesmo quando cansado
É porque em cada momento longe de mim mesmo
Olhei nos Seus olhos fechei os meus e joguei-me aos Seus braços

Eu agradeço por ter reconquistado o amor
Eu agradeço por cada célula e minuto de meu corpo
Agradeço por me mostrar que todo eclipse é temporário
E peço perdão pelas vezes que construí eu mesmo a escuridão

Fiquem com Deus
Fé é a nossa vontade de querer

Carlos Correa

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP