INGRESSAR

-------

Literatura de Cordel (by: Wikipédia)

-------
Literatura de cordel também conhecida no Brasil como folheto, é um gênero literário popular escrito frequentemente na forma rimada, originado em relatos orais e depois impresso em folhetos.
.
Remonta ao século XVI, quando o Renascimento popularizou a impressão de relatos orais, e mantém-se uma forma literária popular no Brasil. O nome tem origem na forma como tradicionalmente os folhetos eram expostos para venda, pendurados em cordas, cordéis ou barbantes em Portugal.
.
No Nordeste do Brasil o nome foi herdado, mas a tradição do barbante não se perpetuou: o folheto brasileiro pode ou não estar exposto em barbantes. Alguns poemas são ilustrados com xilogravuras, também usadas nas capas.
.
As estrofes mais comuns são as de dez, oito ou seis versos. Os autores, ou cordelistas, recitam esses versos de forma melodiosa e cadenciada, acompanhados de viola, como também fazem leituras ou declamações muito empolgadas e animadas para conquistar os possíveis compradores.
.
Para reunir os expoentes deste gênero literário típico do Brasil, foi fundada em 1988 a Academia Brasileira de Literatura de Cordel, com sede no Rio de Janeiro.
-------

20 Members
Join Us!

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Adm

    Atenção: aqui neste espaço só se aceita comentários, os cordéis devem ser postados dentro das oficinas.

    Basta clicar em FORUM aqui dentro do grupo que verão todas.

  • Eu gostaria muito de aprender, desde o principiozinho, tudo que puderem me ensinar, estou muito bem disposta a aprender, a técnica vai me ajudar muitíssimo!

  • Adm

    Você acha que seria bom criar uma oficina de versificação, aprender o o básico na contagem de sílabas poéticas começando desde o principiozinho?

    • Penso ser do maior interesse. Traria um enriquecimento assinalável ao grupo: os conhecedores para reverem conceitos e aos iniciados uma preciosa ajuda.

      Louvo a ideia e aplaudirei a iniciativa se acontecer.

    • SIM - Pois sendo ua Oficina (Escola) onde TODOS visamos "aprender / ensinar / aprender" - PENSO que será de bom alvitre, começar pelo "inicio" ou seja: metrificação / escandir / rimas / formas etc. Assim, torno a pensar, que será também muito proveitoso, se tivermos alguém (será Tu a Star?) que domine melhor as Teorias - etc ou já no Grupo ou que convidemos para Nos ensinar a todos. SKMA - gaDs

    • O meu aplauso

    • Adm

      Vou pensar como será. Nossa, devemos pedir ajuda aos professores de Letras que estiverem por aqui.

    • Meus amigos, cheguei agora, e me inscrevi no grupo neste momento. Devo ser o último a opinar, mas, se eu puder contribuir de alguma forma, estou à disposição.

    • Adm

      Obrigada Edvaldo.

  • Edith, os versos exigem contagem poéticas ou sem contagem 

This reply was deleted.

Fórum

CPP