Poesias

Passado carinhoso

Passado carinhoso


Tão bom lembrar nossos momentos!
O coração e a alma satisfeitos,
correndo pela vida de mãos dadas...

Lembrar nossos olhares, a sintonia
que executava suave sinfonia
e nossos anjos entoavam com vontade...

Os meus olhos vêem sempre saudosos
a saudação desse passado carinhoso
que volta e meia vem me rondar outra vez...

Ah, se eu pudesse voltar algum dia!
Rever nossos caminhos, nossa alegria,
fazer de novo esse traçado tão feliz!...

Mas quem há de saber, o que eu sempre quis?
Porque já não o vejo, foge de mim?
Eu que pra você, fui tão terna, carinhosa...

Vem me contar uma hora dessas
sem me esconder e sem ter pressa,
eu espero aqui, no mesmo lugar...

Ciducha Seefelder
14/01/2008
 
 
Enviar-me um email quando as pessoas comentarem –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Adm

  • Há uma ternura envolvente a delinear esses seus versos, Ciducha! Absortos, a ela nos entregamos sem reservas!
    • Obrigada pelo carinho Edvaldo,

      Bjs

  • Embora possa ser o mais terrível de todos os sonhos, o passado nos é recorrente e inspira. Eis uma linda prova disso . Parabéns ! Bjs do Paolo.

    • Obrigada Paolo Lim pelo carinho.

      Beijos

  • Tão bom lembrar!!! Gostei ciducha.

    Tão lindo o seu poema.

    Beijinhos

    • Que bom que gostaste querida,fico felizzzzzzzzzz!

      Muito obrigada

      Beijossssss

  • Uma boa lembrança aliada a uma bela inspiração.

    • Obrigada Margarida querida pelo carinho

      Beijossss

  • A sua inspiração é inexplicável, comprovada nesse seu poema.

This reply was deleted.
CPP