Poesias

Breve

                                                                                                                                                                        ***

Breve como a chuva

de outono que passa.

Breve como um rio vadio...

a renovar-se espontaneamente.

Breve como a bruma leve

que corta esse vazio.

Breve como o crepúsculo,

ao cair da tarde...

a nos tocar.

Breve é a máscara

que escolhi para mim.

A cada passo,

a cada movimento

da consciência...

poderá cair.

Breve.

É questão de tempo.

Breve, breve.

É o silêncio dentro de mim!

*

Elzana Mattos

**********

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Parabéns, poetisa, poema lindo, adorei. Abraços, paz e Luz!!!

    • Obrigada meu querido Poeta!
      Agradecendo sua visita e comentário poético!
      Beijos e mais Inspiração...
  • Gestores

    Meudestaque33.jpg

  • Gestores

    Dolores.jpg?width=721

    • Que lindo, Marso!
      Você é sensacional!
      Obrigada,
      Beijos...
      Zana
  • Lindíssimo, Zana! Amei lê-lo agora de manhã,  ouvir essa música linda, ver essa imagem com ondas que vem e vão! Parabéns!

    • 000161.gif

  • Um tempo que vem do infinito que traz as magias onde o silencio toca o ato de uma linda alma , sentidos que se movimentam em amor, uma delicia de poema

  • Bravo esse breve maravilhosooooooooooooo

     Amei!!!!!!!

     destacexcliteraria.jpg

This reply was deleted.
CPP