paz (18)

A Magia da Sereia

2090235?profile=RESIZE_1024x1024

A Magia da Sereia

Autora: Geilda Souza de Carvalho

 

Choro o canto da Sereia.

Do seu mar... De sua areia.

São ondas de lágrimas no mar.

Deslizando em minhas veias!

 

Ah! Choro alto da Sereia...

Que com as algas tece sua teia...

Arrastando sua calda

Saiba mais…

OÁSIS

2071247?profile=original

OÁSIS


Areias reluzentes
Suor que  escorre
Vertiginosamente

Cansaço,dor
Desorientação
Um ponto na imensidão...

Vultos que se aproximam
Caminham ao meu encontro
Falta ordem, falta-me visão

Disparo um último grito
Resta de tudo um
breve suspiro

Alguém parece-me e

Saiba mais…
Gestores

PAZ_ssageiro das Poesias

2061408?profile=original

*** *** *** ***
PAZ ssageiro das Poesias...
***
PAZ ceava o Poeta pelos Mundos
com o dom adquirido da ubiquidade
multiplicado em mils seres procurava
encontrar onde mora a Felicidade
.
PAZ ssando ao seu lado Semelhantes
que jamais sorriram dando um

Saiba mais…
Gestores

¡No llores Baby!

2051838?profile=original

b

Não chores Baby...
.
Não - não chore Baby -

você não pode mesmo saber

que teu Pai e tua Mãe

não tem o que lhe dar para comer!

Não chore Baby - Não chore -

se não for por fome somente

exalando soluços ao mundo

pelo frio que você sente!


N

Saiba mais…

Sangre de luna

2051557?profile=originalLUNASOLOCASOECLIPSEsombrasdanoite.jpg

Ése oriente llora sangre de luna...

Se queda muda porque solo implora

nuestro “basta ya”. Hedor de cadáver,

 éste "Fuera cruces, estrellas, metrallas..."

Con la sinrazón ahogando su grito

sigue su reflejo de esperanza al sol.

Una

Saiba mais…
Comentários: 5
CPP