Gestores Adm

I Oficina de Rondel sobre mote

Rondel O Rondel é um gênero de poesia francesa. Sua forma é sempre a mesma, não varia nunca.

É formado por duas estrofes de quatro versos e uma de cinco versos, nesta mesma ordem.

Pela maneira que é estruturado, o Rondel irá sempre ter apenas duas rimas. As rimas são: ABAB/BAAB/ABABA.

Tem uma peculiaridade: os dois primeiros versos da primeira quadra vão ser os dois últimos versos da segunda quadra.

Temos que cuidar ainda, que o primeiro verso da primeira quadra será o último verso do poema (da estrofe de cinco versos).

A preferência do versos é de sete ou oito sílabas poética (não é rígido), portanto pode ser feito em verso livre, só não pode ser verso quilométrico.

Exemplo

Desilusão

  Sofri por amor, mas meu pranto secou-se, (A)

          Nas íngremes margens da desilusão! (B)

           Amargo meu peito de dor exilou-se,  (A)

         Nas grutas profundas da dor, solidão. (B)

             Tornei-me rascunho, mera ficção,   (B)

      E apenas tristezas o tempo me trouxe.  (A)

Sofri por amor, mas meu pranto secou-se, (A)

         Nas íngremes margens da desilusão!  (B)

         De todo esse amor que era tão doce, (A)

         Ficaram lembranças caídas ao chão. (B)

                  Mas a poesia não congelou-se   (A)

           E brota do fundo do meu coração.    (B)

Sofri por amor, mas meu pranto secou-se! (A)

Edith Lobato

A oficina funcionará do segeuinte modo:

Será deixado um mote de um verso para o participante se inspirar ou usar este verso como começo do seu rondel, quando postar sua composição, deve deixar outro mote em tela para o próximo partiicpante.

Regras

1. Todos os membros podem participar.

2.Permitido comentários sem imagem.

3. Permitido formatação dos poemas

Boas composições!

 

 

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores

    Divisor.

    Foi o fim de um tempo inesquecível
    Tempo em que era você, eu e o amor
    Que eu não pensava em verdade perecível
    E que alegria pode se transformar em dor.

    Mas, depois, tudo se tornou horrível
    Porque meu dia a dia é de amargor.
    Foi o fim de um tempo inesquecível
    Tempo em que era você, eu e o amor.

    Ah, se o tempo fosse reversível
    Trazendo pro agora o que é antecessor
    O que vivemos voltaria a ser possível
    E entre nós não haveria divisor.
    Foi o fim de um tempo inesquecível...

    Marsoalex – 11/09/2019

  •  Mote em tela 

    Foi o fim de um tempo inesquecível

  • Se não bastar...

    Palavras não são bastante para expressar meu amor
    Meu amor expresso com gestos carinhosos 
    Oferecendo – lhe uma belíssima  flor 
    Num buquê recheado, com olor maravilhoso. 

    Depois, beijo tua face com um beijo gostoso 
    Anexo ao buquê, versos tecidos com primor.
    Palavras não são bastante para expressar meu amor 
    Meu amor expresso com gestos carinhosos.

    Se não bastar o que ofereço, te cubro com calor.
    Só te peço, não censure,  meu olhar bondoso 
    A paixão me envolve tanto, é desesperador
    Esse pensamento de poeta malicioso 
    Palavras não são bastante para expressar meu amor...

    Márcia A Mancebo 
    11/09/19

  • Gestores

    Mote: Palavras não são bastante para expressar meu amor

  • Gestores

    Felicidade.

    Felicidade é graça que poucos sentem
    Porque a graça está dentro do viver
    Mas, muitos não sabem e se mentem
    Ignorando o que é fácil de reconhecer.

    Por isso, não esqueçam, busquem, tentem
    Trazer em si, aquilo que edifica o ser.
    Felicidade é graça que poucos sentem
    Porque a graça está dentro do viver.

    Pra ser feliz no dia a dia experimentem
    De bons sentimentos se abastecer
    Com a tristeza nunca se contentem
    Plantem a felicidade dentro de seu ser.
    Felicidade é graça que poucos sentem...

    Marsoalex 05/09/2019

  •  Mote : Felicidade é graça que poucos sentem

  • Inspiração

    Vamos brindar a este amanhecer
    lindo, festivo de comemoração
    Niver da Casa, onde posso escrever
    o que está represado no coração.

    É com tamanha alegria e satisfação
    que lavro versos, faço feliz meu Ser.
    Vamos brindar a este amanhecer
    lindo, festivo de comemoração.

    A tarde, quando o Sol se esconder
    será noite de contemplação
    Agradecerei pela vida, meu viver
    repleto de versos e inspiração
    Vamos brindar a este amanhecer
    Márcia A Mancebo
    (05/09/19)

This reply was deleted.
CPP