Ah...como eu queria

Ah como eu queria

brindar o sol com gomos

de luz passeando em debandada

pelos teus céus despertando

loucos desejos tão cruciais

silenciando os beijos

que me deixaste tão marginais

 

Ah como eu queria

reflectir-te minhas paisagens

desenfreadamente cordiais

agitando todas as partículas

quânticas se díluindo num

eco rasgando o tempo em constantes

e renovadas ondas de amor desaguando

na maciêz de um delírio essencial

 

Ah como eu queria

ser-te factual

fascinar-te com encantos

de amor ancorados

a cada sopro da existência brutal

morrendo na plenitude da saudade

debruçada nesta penitência tão fatal

 

Ah como eu queria

dissolver-me em ti

alimentando cada verso

dormitando no travesseiro

fértil da vida

onde nos abrigamos à mercê

de um silêncio se despindo

aliciante e sorrateiramente

enclausurado a cada palpitar

do tempo bramindo avidamente

Frederico de Castro

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Enviar-me um email quando as pessoas responderem –

Respostas

  • Gestores

    Amado Menino Poeta Frederico 

    ...

    Visitar tuas Obras - é a certeza de aprimorar nossos sentimentos do "poetizar"...

    Assim é esta tua Poesia que esmiuça o tema proposto com os olhares da Poesia

    que adquire a sabedoria no dia a dia!

    ...

    NOSSOS CALOROSOS APLAUSOS!

    (perdoe-me pelas visitas que lhe devo!)

    gaDs!

  • Sinto muito, querido Frederico.

    É um belissimo e grande poema, amigo.

     Muito bom, de grande qualidade.

    Uma pena que ultrapassa-se as  30 linhas, poetazo.

     Beijos

    Bem hajas

    3619508?profile=original

  • Gestores

    3618459?profile=original

  • Gestores

    Boa noite Frederico, belíssimo o desenvolvimento do tema em teu poema, entretanto você ultrapassou o número máximo de versos que é de 30. Teu poema participará do ebook mas fica desclassificado para avaliação.

  • Gestores

    Aplausos!!! Belo demais!!

  • TOMAMOS A LIBERDADE DE EMPRESTAR DA POETA MARIA IRACI

    OS APLAUSOS QUE ORA NOS JUNTAMOS!

    MARAVILHOSA POESIA!!!

  • 3618067?profile=original

This reply was deleted.
CPP