A SOLIDÃO DELA...

A SOLIDÃO DELA....

Para o espelho ela sorria,
seus lábios tentavam disfarçar,
mas, de seus olhos refletiam,
toda solidão daquele lugar....

Sua alma está vazia,
Seu coração ferido,
O animo que existia,
no adeus ficou perdido...

Ainda se pode ouvir,
do íntimo de seu coração,
todas as juras feitas ali,
onde agora é só solidão....

Do carinho dele que era seu castelo,
Sobraram apenas ruínas.
E as promessas de um amor eterno,
deu lugar para a despedida.

Marta Biscoli

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Marta uma belissima

    poesia meus aplausos bjos...

    • Eudália, muito obrigada. Beijos! 

  • Decepção vem antes da solidão ou será que a solidão é fruto da decepção? Sinceramente não sei! Mas de uma coisa tenho certeza, a forma como os seus trabalhos me fazem refletir é extraordinário amiga Marta! Parabéns! A paz.
    • Eduardo, tu sempre gentil guri, muito obrigada. A paz!

  • Gestores

    Lindo poema Marta. Merecido aplausos.

    • Margarida, obrigada! 

  • 3687859?profile=original

    Revivi momentos mais que duros e tristes com seus versos, amada Marta...

     Parabéns, linda.

    • Nieves, obrigada...Abraço.

  • Gestores
    A perda ou o desencanto do amor é sempre sofrido... a alma veste-se de luto e tudo ao redor fica cinzento... mas passa... tudo passa. Parabéns Marta!! Belissimo!!
    • Angélica, muito obrigada...Um abraço. 

This reply was deleted.
CPP