Inspirações

AO DEUS DARÁ

 

 

Tenho andado arredio

 Vendo o tempo passar

Lendo sem assimilar

Dormindo sem sonhar

Falando sem pensar

Sem alguém a me escutar

Perdido nesta vida

Caminhando ao Deus dará

Perto da chegada

Longe da partida

Esperando o final  chegar

 

F J TÁVORA

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    1402516055?profile=RESIZE_710x

  • Gestores

    3378367138?profile=RESIZE_710x

    • Ficou lindo, poeta Safira. A silhueta da criatura desalentada expressa, mais que meus singelos versos, o desespero de uma alma abandonada pelas desventuras que o destino lhe impôs.

  • Gestores Adm

    Há dias assim na vida, dias em que se fica sem saber o que fazer, ou para onde ir.

    Dias vazios, mas cheios de vida.

    Aplausos!

    • É verdade, caríssima Edith, por vezes não apenas os dias mas a vida torna-se vazia. Quis em meus singelos versos expressar a angústia  e, poque não dizer, o desespero dos que infelizmente atingiram tal estágio.Obrigado pela visita.

  • Uma poesia bem interessante e que trata de algo que por vezes, nos acomete, esse "vagar" em  pensamentos a esmo e sem fincar em nada, como bem dissesstes ao Deus dará. Abraços

    • Legal que você, nobre poeta Lilian, bem entendeu a mensagem. Obrigado pelo estímulo do comentário.

This reply was deleted.
CPP