Inspirações

Aparência

Resultado de imagem para máscaras surreal

Quanta escravidão em nós!
Já nascemos escravos,
Escravos de um sistema inevitável,
Que nos aprisiona até a morte,
Escravidão de faces silenciosas,
Acorrentando nossos sonhos,
Poder irônico sobre nossa falsa liberdade,

Opressão sob a égide de um bem coletivo,
Pessoas se ferem em seus preconceitos,
Subjugadas em si mesmas,
Numa intensa prisão invisível,
Encarceradas em suas ignorâncias,
Insana superioridade fétida,
Excremento de mentes doentias,
Escravizadas em seus vícios.

O relógio gira incansavelmente,
Pessoas seguem suas doutrinas,
Trilhando labirintos ignotos,
Buscando refúgio para não enlouquecerem,
Em meio a tanto conhecimento desconhecido,
Alimentando as massas em suas fraquezas,
Enquanto a beleza das coisas murcham,
Diante dos nossos olhos desatentos.

Séculos diante de séculos,
Dos heróis apenas as memórias insistentes,
E a incerteza de algo que até então valeu a pena,
Numa realidade o tempo todo mascarada,
Levando-nos ao grande matadouro social,
Onde a pobreza e a riqueza não fazem diferença,
Somos reféns da natureza cíclica,
Mutando-se ao bem querer da evolução.

Não somos melhores do que a quem julgamos,
Fazemos parte de um imenso quebra-cabeça,
Tão infinito quanto nossa soberba,
Desfilando uma serenidade entediada,
Buscando o tempo todo transpor nossas fragilidades,
De algo que não temos nenhum controle,
Em suas dissimulações convenientes,
Iguais em tudo nesta umbrática humanidade.

Sirlânio Jorge Dias Gomes

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Sirlanio Jorge Dias Gomes

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Amigo, li de um fôlego  só.  A impressão  é  a de uma poesia tirada da alma como um grito a espernear. Amei!! Meus aplausos! Abraços  poéticos. 

  • Uau um belo texto meus aplausos...

  • 14378755?profile=RESIZE_710x

  • Gestores Adm

    O homem deveria viver o constante aprimoramento da essencia.

    Lindíssima poesia, Sirlanio.

    Parabéns!

  • Um texto forte e contudente contra o status quo referindo-se à escravidão e  outras mazelas da sociedade contemporânea.

    Eu, pessoalmente não acredito em "livre arbítrio", Qualquer decisão que tomamos em nossas vidas estão contaminadas em nossa inconsciência. Sofremos um bombardeio da mídia e das Instituições politicsa e outras de grande influência sobre a Sociedade.Este assunto é discutido en família, com meus filhos.

    Apreciei demais  seu texto de excelência e extremamente abrangente.

    Parabéns por compor este texto,mais uma importante obra de sua autoria

    Abraços Antonio Domingos

    Sou grato quando vossa pessoa lê minhas humides obras.[

    Você é um dos bons do CPP,acredite.

    • Sou um aprendiz diante de todos,mas obrigado!

This reply was deleted.
CPP