De repente

3670456458?profile=RESIZE_710xDe repente

De repente o silêncio aconteceu
Meu coração disparou de emoção
Todo céu lindo, anil se tornou breu
O amor cresceu em total escuridão.

Nossas mãos se tocaram...me entreguei.
Nossos lábios se uniram...enlouqueci!
Que delícia em teu corpo eu viajei!
E foi assim que amor em ti, descobri..

Encantada com tanto amor sentido
Os momentos tornaram - se infinitos
Até o escuro do céu vi tão bonito!

Longe pintou uma estrela refletindo
o luar no mar tímido escondido
Senti a felicidade a mim sorrindo!

Márcia A. Mancebo
18/10/19

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    1455801482?profile=RESIZE_710x

  • Belíssimo aplauso abraços parabéns 

  • Estimada Poetisa Márcia por Belo Soneto, contei decassílabo, sem muita  importância, o que vale é estes belíssimos versos com pontos sensuais e encantamentos

    Adorei. Parabéns amiga Márcia. Abraços. Antonio

    •  

      Obrigada, Antônio!

      Abraço

  • Que lindo soneto Marcia. Parabéns.

    • Obrigada querida amiga.

      Bjs

  • Safira querida  se for formatar pode  pôr no topo do soneto para mim.

    Pode apagar a gravura que deixei.

    Obrigada. Bjs

This reply was deleted.
CPP