Gestores

Descaminhos

Descaminhos

Há tanto tempo quando lado a lado,
nós dois andamos no mesmo caminho,
fizemos planos, mas hoje é passado,
já não dormimos sobre o mesmo linho.

Não temos mais um beijo prolongado,
e nem abraços ou qualquer carinho,
nesse universo, enfim tão desbotado,
os dias todos vão-se em desalinho.

Eu sei que já não posso perder tempo,
e sei que demais tempo foi-se embora,
levando a juventude que eu tinha.

Não quero mais perder-me em contratempo,
e assim procuro a luz que ainda enflora,
o meu viver restante, a vinda minha.

Edith Lobato 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –
Gestores

Edith Lobato

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Magnifico! Congratulações.

     

  • Um poesia tocante. Alinhando o viver em dessencontro com anseios do coração. Parabéns.

  • Cara E. Lobato:

    Lindo poema, com respingos de Cecília Meireles e, na cadência hipnotizadora dos decassílabos heroicos, o nosso redivivo Luiz Vaz de Camões.

    Abraço;

    j. a.

  • Brilhante!

    Aplausos!

  • Gestores

    Mais uma vez me encantando com teus versos! Parabéns Edith querida!

  • Texto maravilhoso! Parabéns 

    Minha querida eu sem querer apaguei o seu comentário no meu post! Eu apertei o botão errado! Peço mil desculpas 😔 

    Eu vi que você gostou da minha produção e fico muito feliz pela sua presença! Volte sempre 

  • Boa tarde querida amiga poetisa

    Ameiiiiiiii

    Obrigada por formatar meus rabiscos

    Amooooo muito quando chego aqui e vejo os formatados

    Deus abençoe sempre sua vida

  • Excelente amei querida poetisa parabéns

  • 8560552461?profile=RESIZE_930x

  • Resultado de imagem para que lindo gifs

     

This reply was deleted.
CPP