Em silêncio

9274228298?profile=RESIZE_710x| : | | ' | | | 

Em silêncio


Em silêncio com os pensamentos conflitados
Isolada de tudo, ponho-me a escrever.
Rascunho, ligo palavras, faço traçado:
Tentando desabafar o que me faz sofrer.

Mas, os meus olhos revelam com lágrimas.
E borram o escrito onde desejo narrar.
E, tudo que estava lavrado nas páginas:
Dum viver que não gosto de lembrar.

Sob o borrado estavam: frustrados sonhos;
Que um dia foram esperanças e devaneios!
E eram tantos que hoje acho — os estranhos.
Pois, sonhos são fantasias, momentos de anseios.

E sem mais narrações, sem os escritos
De tudo que quis contar, nada restou.
Rabiscos borraram letras, negritos.
Eu sinto que a ânsia em escrever acabou.

Márcia A Mancebo
10/07/2021

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Excelente momento do silêncio de um poeta.

    Minha palavra preferida na poesia

    Meu aplauso pelo trabalho esmerado Márcia

    Abraço poético

    FC

    • Obrigada,  Frederico. 

      Um abraço 

  • Gestores

    9266412295?profile=RESIZE_584x

    • Obrigada amiga querida 😘

  • Gestores

    9265862694?profile=RESIZE_710x

    • Jesus.....que lindo!!!!

      Obrigada amiga querida Bjs 

    • Up

This reply was deleted.
CPP