Inspirações

Interstício

Resultado de imagem para tempo surreal

Haverá dias cansados,
Que até o amor será tedioso,
Qualquer palavra poderá ofender,
Momentos que a tua humanidade,
Pensará em desistir da vida,
Tudo por um mal entendido.

Haverá beijos sem graça,
comida sem sabor,
Trabalho sem valor,
Tantas coisas questionáveis,
Que muitos valores  ficariam confusos,
Aos olhos ofuscados pela falta de silêncio.

Eis a alma necessitada de um tempo,
O corpo implorando uma pausa,
Para a continuidade segura do caminho,
No intuito do eu reconhercer-se,
Na beleza que o cerca,
Na força da existência então sufocada.

Haverá sinais em tua face,
Gritos interiores expansivos,
Balançando a bandeira branca,
Pedido trégua entre os combates,
Tudo pela paz de espírito,
Apelação do ser pela felicidade.

Sirlânio Jorge Dias Gomes

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Sirlanio Jorge Dias Gomes

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    2663828229?profile=RESIZE_710x

  • Gestores Adm

    É preciso ouvir-se em meio ao caos para por fim ao caos ou, ao menos, para abrir tréguas em uma explosão e outra.

    Poema reflexivo e muito bonito.

    Aplausos!

  • Verdade, amigo. O silêncio e a quietude fazem-se necessários para o equilíbrio de todo o ser. Brilhante! Aplausos!

This reply was deleted.
CPP