Inspirações

MINHA CASA DE PALAVRAS

Minha casa de palavras é transparente

Qualquer ideia pode soltar as telhas

Um sentimento destravar as portas

Entreabrir janelas, rebuscar as letras

 

O meu lar é feito de reversas paredes

Decoradas de verbos sempre no infinito

Sobre alicerces que sustentam vocábulos

Despreocupados de quem os vai conceituar

 

Pelos cômodos espalhados pensamentos  

Mesas e cadeiras em forma de estrofes

Das torneiras escoam argumentos

Que enxaguam o desnecessário de cada poema

 

Meu ofício está na insistente feitura

Daquilo que o ócio e o amor chamam poesia

Deito-me sobre a gramatica prática e crua

Acoberto pelo beneplácito da tua leitura

 

E quando introspecto posso suar alegrias

E quando alegre remoer intensas tristezas

E apesar das claras e evidentes transparências

Secretas são as paixões habitadas nessa moradia

 

PSRosseto

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Paulo Sérgio Rosseto

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Parabéns pela ousadia da sua inpiração! Adorei! Minha Casa de palavras!

  • Gestores Adm

    Espetacular momento de criação, Paulo.

    Lindo poema.

    Parabéns!

  • Gestores

    3577662?profile=RESIZE_710x

  •  

    Bom dia!

    Quero parabeniza-lo pelos lindos

    versos nessa sua obra muito bem inspirada

    "Minha casa de palavras".

    Aplausos!

This reply was deleted.
CPP