MY LOVE

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e close-up

 

MY  LOVE

 

Gastei meu inglês, curto e grosso

Pra te dizer, My Love,

O que já sabias e sabes.


Na tentativa de quebrar a barreira do som

Dentro deste silêncio que tu'alma adivinha

Da energia da  emoção que ora nos invade.

Que em nós se espalha com olhos malabares.

De  vozes que se abafam

Em calores, calafrios e calares.
 


Então, agarro-te ao pescoço

Para dizer, baixinho, com carinho

Na ponta dos pés, ao pé de teu ouvido,

Mesmo que a voz me falhe (e como falha)...

Eu te amo moço, e te quero sim, comigo,

Pra valer, pra fazer e acontecer,

Baritonando todos os meus agudos gemidos.
 


Longe ou perto, à volta do meu umbigo.

Com  a alma louca em ânsia

No ir e devir do arrebol até o amanhecer,

Com a lua brilhando ao céu

E, nós, estrelas encandescentes sob o véu

De sedas e cetins deste lençol.
 


E nossas línguas em dueto, sícronas

De gêmulos sons e uníssonos ruídos,

Extasiados, de amor exauridos...

Quero-te, My Love,  te quero comigo.
 
By Nina Costa, in 04/08/2020.
Mimoso do Sul, Espírito Santo, Brasil.
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Nina Costa

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Belo com um toque sutil de sensualidade.Semana de paz

  • Maravilhosoooooo!!!!!

    Parabéns,Nina!

    Bjs

  • Um Belo poema de sentimento e amor.
    Gostei... Poetiza Nina Costa.
    Fraterno abraço... D'Áquém-Mar.

    • Obrigada amigo poeta!

      Grata pelo gentl comentário @

      Beijos!

      Nina Costs

  • Gestores

    Belo demais! Meus aplausos! Parabéns Nina!

    DESTACADO! 

    • Obrigada amiga  anjo!

      Bom dia recheado de gratidão !

      Beijos!

      Nina Costa

This reply was deleted.
CPP