.

AI!...
SE EU SOUBESSE...



Ai!... Se eu soubesse...
Se eu soubesse que as lágrimas dos teus olhos iriam escorrer,
Eu mandaria...
Mandaria as minhas mãos para logo as apanhar,
E num estojo de ouro e cristal as iria logo esconder,
Com medo que a tristeza... quisesse com elas cá ficar.


Ai!... Se eu soubesse...
Se eu soubesse que o vento, os teus ais iria p’ra longe levar,
Eu mandaria...
Mandaria que nas montanhas os ecos não soassem,
E dentro dos meus ouvidos os iria por lá guardar,
E falar-te de alegrias, para que os teus olhos não chorassem.


Ai!... Se eu soubesse...
Se eu soubesse que o destino, cá na terra, nos juntaria,
Eu mandaria...
Mandaria a minha alma o encontro preparar,
Pois que assim a tua alma só lágrimas de amor cá choraria,
P’ra elas, depois, a minha alma da sua tristeza lavar.

Ai!... Se eu soubesse...
Eu mandaria as minhas lágrimas... ás tuas lágrimas se juntar.


(J. Carlos - Novembro 2010)

 

 

Meu Blog

Comentarios

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Estimada Poetisa Edith, Feliz pelos seus comentarios e aconselhamento sobre os "compartimentos" da Casa... que muito agradeço.
    Fraterno abraço D'Áquém-Mar e... desejos de uma Feliz Semana.

  • Adm

    Do lado direito de sua tela, poderá ver os grupos, clicando neles pode e assim que abrir em JOIN US poderá se tornar membro participante. Dentro destes grupos temos várias oficinas de composições, é você quem escolhe. Navegue à vontade pela Casa.

    Boa noite.

  • Adm

    Seja bem vindo a esta Casa que te recebe com muito gosto.

  • Marsoalex, Muito Obrigado pela simpatia da sua mensagem de Boas-Vindas.
    Fraterno abraço... D'Áquém-Mar

  • Márcia Aparecida e ZKFeliz o meu agradecimento pelas vossas simpáticas Boas Vindas.
    O meu Fraterno abraço... D'Áquém-Mar

  • Bem vindo!

  • Feliz por ser recebido nesta simpática Casa da Poesia, o meu Muito Obrigado, Margarida Madruga, pela sua bonita Mensagem.
    O meu Fraterno abraço... D'Áquém-Mar
    J. Carlos

  • SEJA BEM VINDO J. CARLOS!

This reply was deleted.

Sobre Mim

Aniversário:

Mai 21


1) Qual o teu nome completo?

José Carlos Silva Primaz


3) Data de nascimento (não é necessário o ano)

21 de Maio de 1939


4) Local de residência (apenas Cidade, Estado e País)

Olhão da Restauração, Algarve, Portugal


5) Mini Currículo (trabalho, experiências, gostos e ou preferências, família, produção poético-literária...).

José Carlos da Silva Primaz, nasceu a 21 de Maio de 1939, em Lisboa, a linda capital de Portugal, cidade mística das sete colinas, dos bairros típicos e das vielas, toda ela debruçada sobre o rio Tejo, escutando o dedilhar das guitarras, acompanhando o poema dum triste fado. Nesta cidade casou com Maria Fernanda a sua companheira nesta viagem terrena e nela estudou e veio a exercer a sua actividade profissional, esta ligada ao desenho técnico e, posteriormente, á construção civil, como A.T.Arqª. e Engª., depois de concluídos os estudos académicos como trabalhador estudante. Após a sua aposentação, muda a sua residência para o Algarve, no sul de Portugal e é aqui que, a par de outras acções, começa a dedicar-se à poesia, dando assim satisfação a um dos seus desejos e interesses da juventude. Toda a sua vida foi-se desenvolvendo dentro duma visão construtiva e na procura de respostas e soluções para os vários desafios que foram surgindo, bem como num melhor tempo futuro de paz e unidade planetária, esta reforçada até pela sua formação espiritual e religiosa, que lhe deu a percepção e o sentimento de que uma crise sempre será seguida duma vitória, de que no final dum Inverno já lá está nascendo uma nova Primavera. E este é o sentimento, e a mensagem de esperança, que procura transmitir na sua simples forma de poetizar. É membro da Assoc. Confrades da Poesia, de Horizontes da Poesia e do Movimento Internacional Poetas del Mundo. Tem publicados três livros, que compõem a sua Trilogia da série, a que deu o nome de… “Poesias do Tempo que Passa”.


6) Quem o/a indicou para a Casa dos Poetas e da Poesia (ou como ficou sabendo desta)?Cite o nome da pessoa que a/o indicou ou convidou.

Fiquei a saber através da Net.


8) Está ciente que as poesias eróticas (caso as tenha), devem ser postadas no Grupo de Literatura erótica?

Sim


9) Concorda em participar e interagir conforme possa, com os demais membros nas atividades da Casa?

Sim


10) Está ciente que NÃO DEVE POSTAR mais que 3 (três) Mensagens por dia no Blog Geral?

Sim


11) Deixe o Link do Facebook, Recanto das Letras ou outro site onde possamos saber mais de você.

http://https://www.facebook.com/JosephKarllos


12) Publique neste espaço, uma Poesia ou texto de tua autoria. (não precisa ser extensa/o)

AI!... SE EU SOUBESSE... Ai!... Se eu soubesse... Se eu soubesse que as lágrimas dos teus olhos iriam escorrer, Eu mandaria... Mandaria as minhas mãos para logo as apanhar, E num estojo de ouro e cristal as iria logo esconder, Com medo que a tristeza... quisesse com elas cá ficar. Ai!... Se eu soubesse... Se eu soubesse que o vento, os teus ais iria p’ra longe levar, Eu mandaria... Mandaria que nas montanhas os ecos não soassem, E dentro dos meus ouvidos os iria por lá guardar, E falar-te de alegrias, para que os teus olhos não chorassem. Ai!... Se eu soubesse... Se eu soubesse que o destino, cá na terra, nos juntaria, Eu mandaria... Mandaria a minha alma o encontro preparar, Pois que assim a tua alma só lágrimas de amor cá choraria, P’ra elas, depois, a minha alma da sua tristeza lavar. Ai!... Se eu soubesse... Eu mandaria as minhas lágrimas... ás tuas lágrimas se juntar. (J. Carlos - Novembro 2010) 4shared.com - Se Eu Soubesse - Declamado por Joaquim Sustelo - Baixe, toque, ouça músicas MP3 - 4shared - J. Carlos Primaz


Minhas fotos

Conquistas pela participação


Pontos ganhos: 1290

Minhas Discussões

Autor em tela

CPP