Sonho, em singelo soneto

 Sonho, em singelo soneto
3739446296?profile=RESIZE_710x

 

Sonhava, creio, a mirar o céu encoberto

Quando ao lado ouvi sua voz, em sussurro, cálida.

E, num esforço, eu avistei-a, formosa e pálida,

Então toquei-a, aflito,  crendo-me desperto.

 

Você sorriu, com seu jeito, discretamente,

E debruçando-se num murmúrio ligeiro:

- Deixe-me partir,  é hora, meu cavalheiro,

Respire, não inflame esse coração pungente.

 

Desesperei-me, num rouco e triste gemido -

E se desvanecendo, a mente me clareava

E me oprimia o peito, ansioso, dolorido.

 

Você, tão terna, aquietou-me  e me acalentava:

Adormeci, e vi-a num campo florido,

E desfalecia a visão que me deixava!

 

pedro avellar

crédito da imagem : 

https://storage.ning.com/topology/rest/1.0/file/get/3739446296?profile=RESIZE_930x

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Pedro Avellar

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Maravilhoso soneto, Pedro!  Meus parabéns!

    um abraço

  • Boa noite

    Vim retribuir a nobre visita em minha humilde página 

    Fazia muito tempo que não lia algo tão terno e tão intenso 

    Amo poesias que falam de flores ,de campos floridos...

    Amei de coração ❤️❤️❤️

    Grande abraço poeta 

    Paz e luz

    • Fico grato, Ana Lúcia. A vida é florida, sim, se nossos olhos e espírito estão atentos às obras da natureza.

      Um Abraço e Feliz Primavera pra você, que se aproxima essa data tão bonita.

  • Muito musical esta sua descrição de um sonho que ora parece triste, ora belo. Os poetas adoram juntar ambas, não é mesmo? A tristeza e a beleza. Mas são versos que nos transmitem magia, de um mundo que vai para além de sentimentos terrenos fisicos.

    Continuação de uma boa semana.

     

  • Gestores

    3695888045?profile=RESIZE_710x

  • Gestores

    3086850225?profile=RESIZE_710x

This reply was deleted.
CPP