Inspirações

Subamos, subamos acima...

 

Subamos, subamos acima...

 

Atravessemos fronteiras...

Imaginação correndo leve

Doçura invada o ar,

Troque solidão por um abraço...

 

Tons carmim de paixão

Desiquilibrando mentes

Remetam a desejos: quê esplendor!

Gotas de felicidade guardam potes...

 

Não saber o que se quer

O que se deseja, idem,

Um infinitar à espera...

 

Energia fluindo

Corpo se entregando

Rompendo o estabelecido

pele experimente ir além...

 

De onde sempre ousou

Deixe desaguar tempestades

Culpa nem pecado reflitam um drama...

Ah, coisa prazerosa!

 

Cada instante que passa não volta jamais.

 

Marisa Costa 

 

Pensamento baseado em 

 

OS ACROBATAS 

"Subamos! Subamos acima

Subamos além, subamos

Acima do além, subamos!

Com a posse física dos braços

Inelutavelmente galgaremos

O grande mar de estrelas

Através de milênios de luz.

 

Subamos!

Como dois atletas

O rosto (...) "

 

(Vinicius de Moraes)

 

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Que lindo Marisa,aplausos de pé!

    Beijosssssssssssss

  • Esplêndidos versos, Marisa! Minhas reverências!

  • Lindo demais Marisa!

    Parabéns!

    Bjs

  • Mravilhosos poema.

     

    Amor vivido em um extremo que se decanta nos verdadeiros laços da paixão, que delicia de poema

  • Belíssima captação e sincronismo com a citação do texto (Os acrobatas de Vinicius de Moraes). Como sempre seus textos são muito bem elaborados e com uma envergadura fantástica. Abraços!

  • Adm

    Belíssima inspiração, Marisa.

    Parabéns!

  • Adm

This reply was deleted.
CPP