Inspirações

ABSOLUTAMENTE

Nem tudo se revela

Quando já evidente

Seja absolutamente

Humano ou místico

 

Do oceano vê-se somente a superfície

Do infinito

Aquilo que o olho enxerga à frente

 

Cru ou verdadeiramente artístico

Somos o engano da aparência

Quando achamos que o belo

Docemente deixa de ser feio

E a feiura traduz-se

Por desconforto impertinente

 

Conceituamos por beleza

O que nos apreende

E repreendemos na grandeza

O que recusa o absurdamente

 

Se mal acreditamos no real

Que dirá deus de nossa mente!

 

PSRosseto

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Paulo Sérgio Rosseto

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • 2064817145?profile=RESIZE_710x

  • Adm

    Pura verdade! Maravilha de obra.

    Excelente reflexão.

This reply was deleted.
CPP