Desatino ilusionário

Fecho os olhos lentamente,

E de repente, tu apareces 

Sorridente.

 

Talvez seja só um pensamento,

Mas, um pensamento rotineiro

De todos os dias.

 

Quem és tu que queres 

Dominar meus pensamentos

Em cativeiro mental?

 

Fui dominado por esse

Desatino ilusionário

Da mente fértil.

 

Jilmar Santos

 

 

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • 3694134?profile=original

    • Obrigado, Nieves!

  • Gestores

    Bonito desatino Jilmar.

    • Obrigado, Margarida!

  • Gestores

    E é desta forma que nasce a poesia, é nesse terreno que ela encontra.

    Linda inspiração, Jilmar.

     

    • Obrigado, Edith! Bjs

  • A ilusão é aquilo que a imaginação introduz aos pensamentos elevando os sentidos do consciente edificando o real. poema maravilhoso

    • Obrigado, poeta!

  • Gestores

    Esse desatino ilusionário faz parte do mundo do poeta. Lindíssimo, Jilmar!

    • Obrigado, Marso!

This reply was deleted.
CPP