(Parafraseando Oswaldo Montenegro )
 
A reunião terminou tranquila
Sucesso como sempre
Aceitos e aprovados os Projetos
Saíram todos da grande sala....
Eu estava em uma poltrona do corredor
Ouvindo o Montenegro declamar....Metade
Já ouvi esse poema, inúmeras vezes
Mas hoje foi diferente.
Meio quieta, meio chorosa, meio alegre, meio triste
Feliz até, mas até a felicidade me pareceu diferente
Tudo virou metade, quando percebi
Que a felicidade.... não o fez tão feliz.
O vazio, o medo, o choro eram a sua companhia.
Tudo dera tão certo, que você não acreditava....
Chorei, docemente com você, quieta a seu lado
Senti com você, a dor do passado, que não o deixa feliz
Procura no vento o que está dentro de você
E o que está dentro de você o vento não leva.
Não adianta estar aqui, acolá será sempre assim
Ah...queria ser uma Fada, para me transformar
Na mais linda mulher, mágica, poderosa e por você ser amada.
Arrancaria de seu peito essa dor, de sua tez a tristeza
Buscaria as estrelas , com todo o brilho da felicidade
Colocaria em seu coração, renovaria-o 
E entre nós não mais existiria a tristeza do passado
Nem  o choro da saudade.....
Ahhh...metade de nós seria AMOR
E a outra metade FELICIDADE.
 
Veraiz Souza - 27/07/18
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Veraiz Souza - Pai -

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

  • Gestores

    55294391?profile=original

  • Gestores

    O poema "Metade" é lindo! Só poderia inspirar uma linda prosa poética como esta. Meus aplausoos!

    • Oi Marsoalex, que bom que a vejo aqui. Fico muito feliz.
      Que bom que gostou de minha prosa.
      Grata pelo carinho e visita.
      Abraços de Veraiz Souza

  • Gestores Adm

    Que lindo momento de inspiração, Veraiz, tuas prosas são extremamente poéticas e encantadoras.

    Parabéns! Lindo momento.

    • Que bom que gostou Edith, venho treinando a Prosa...
      Achei que tenho mais liberdade de me expressar.
      Grata pelo carinho de sempre.
      Beijão de Veraiz Souza

  • Que lindo poema, inteiro e sublime

    Abraço fraterno

    FC

    • Oi Frederico, fico muito contente com sua visita e seu comentário, que muito me lisonjeiam.
      Grata e abraços de Veraiz Souza

  • Muito belo o seu poema Veraiz. Parabéns.

    • Lisonjeada com a visita e comentário Alberto Valença.

      Grata pela visita e abraços de Veraiz Souza

  • This reply was deleted.
    • Você minha maravilhosa poeta e querida amiga.
      Fico feliz quando a vejo aqui.
      Grata pelo carinho de sempre.
      Abraços poéticos de Veraiz Souza

This reply was deleted.
CPP