Inspirações

PARTIU

Fugiu dos relatos estranhos
Desta primavera sem rosas
Destes lugares sem canto
Destas virtudes duvidosas
 
Terminou solitário no alto
Montanhas sem alma
Motivos sem logica
Foi...só foi!
 
Navegou em mares escuros
Naufragou em verdades incômodas
Sobreviveu em certezas bobas
Chorou ...dois traços nos olhos
 
Esperou pelos que nunca viriam
Atuou em cenas obscuras
Interpretou papéis que não lhe cabiam
Cansou...partiu...perdeu
 
Rogou a deuses que não ouviam
Rezou orações em que não podia crer
Fez seus próprios sacrifícios
Mudou...sentiu...mudou
 
Não é mais o mesmo sob o mesmo sol
Não caminha mais igual nos mesmos caminhos
Não vê mais as mesmas coisas com olhos de antes
Partiu...ninguém viu...
 
Partiu.
 
 
 
RODRIGO CABRAL
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Casa dos Poetas e da Poesia.

Join Casa dos Poetas e da Poesia

Comentários

This reply was deleted.
CPP